:... silhuetas ...:

segunda-feira, agosto 04, 2003
 
Beleza pura
Como diz Caetano Veloso...
O vai e vem das palavras, os passos mágicos de dança que elas desenham no nosso imaginário...
Está tudo aqui ("late night blogs"), neste texto de Francisco José Viegas.
Estou profundamente convencido que foi mesmo para isto que as palavras foram criadas.
Não resisto à tentação de colocar aqui um excerto:
« (...) Ter nome ou não ter nome é — tirando essa revelação de humanidade — um assunto sem interesse. Nem sei se é moda, isto dos blogs. Nem me interessa. Dura enquanto durar.
(...)
Mesmo se este Verão for aquele — para retomar a crónica de Eduardo Prado Coelho — que mais tarde retomaremos com aquela pergunta: «Lembras-te daquele Verão em que se falava muito de blogs?» E se for assim? E se um milhar de portugueses tiver descoberto neste Verão — mesmo que seja só neste Verão — o prazer adolescente de escrever, de dizer, de mostrar uma frase, de deixar um recado? E se for assim, onde está o pecado? Teremos de transportar connosco a mágoa da eternidade?
Aliás: não é preferível recuperar a adolescência de vez em quando a seguir o curso daquele envelhecimento inevitável que nos torna mais impacientes, casmurros, cínicos? Por isso, dura enquanto durar, escreve-se todos os dias ou só de vez em quando, escreve-se sobre livros ou sobre o amor perdido, sobre música ou o amor reencontrado, deixa-se uma citação de que se gosta ou uma citação que se finge conhecer de há muito. Não é isso mais saudável do que tentar enganar a eternidade fingindo que só se escreve para a eternidade?
(...) »