:... silhuetas ...:

sexta-feira, dezembro 26, 2003
 
2003
Estive a rever os discos deste ano de 2003 e constatei que tivemos... um ano fraco.
Ao contrário do que tem acontecido em anos anteriores, não há um grande conjunto de discos que nos entusiasmem verdadeiramente ao ponto de os classificarmos como absolutamente indispensáveis.

Já em relação a 2004, parece-me que vamos ter um ano em cheio, com música fantástica! Apenas 3 razões:
a) 2004 será o ano em que os Air regressam. Já estive a ouvir "talkie walkie" e, posso garantir tratar-se de um álbum soberbo. É a produção musical mais próxima de "moon safari" ainda que, aqui e ali, sintamos a falta de vozes como a de Beth Hirsch. Sai em Janeiro.
b) em Fevereiro é publicado o duplo álbum do projecto liderado por Kurt Wagner. Os Lambchop regressam com um álbum que se traduz, simplesmente, num dos discos mais belos que pude ouvir nos últimos anos.
c) o próximo ano vai trazer-nos um novo disco de P.J.Harvey.
Se, a estas, juntar outros regressos marcados para 2004 mais a habitual quota de novos projectos que surgem, surpreendendo-nos, a previsão que faço é, no mínimo, legítima.





Voltando a 2003, e pelas razões que já referi, não é fácil construir uma pequena lista de eleitos. Ainda assim, e se tivesse de o fazer, não teria dúvida alguma que o melhor álbum de 2003 seria "fever to tell" dos Yeah Yeah Yeahs e o segundo melhor, "rose" de Maximilian Hecker. Estas seriam as minhas escolhas... as grandes questões começam a partir daqui.





Já agora, e para que o tempo que gastei com este exercício não seja transformado em desperdício, deixo-vos uma lista de alguns discos que, certamente, marcaram 2003.

agoria - blossom
alexkid - mint
alla polacca - not the white p?
alla polacca / stowaways - why not you?
ani di franco - educated guess
anni di franco - evolve
bang gang - something wrong
ben mono - dual
blur - think tank
bonnie prince billy - master & everyone
brmc - take them on, on your own
burnt friedman - can't cool
calla - televise
carla bruni - quelqu' un m'a dit
celso fonseca - natural
colder - again
creatures - hái!
deadbeat - wild life documentaries
durutti column - someone else's party
ed harcourt - from every sphere
electric six - fire
electronicat - 21st century boy
fiel garvie - leave me out of this
folk implosion - the new folk implosion
four tet - rounds
garlic - jam sabbatical
gillian welch - soul journey
go-betweens - bright yellow...
howe gelb - the listener
I am kloot - I am kloot
jack planck - to hell with you...
jagga jazzist - the stix
john cale - hobosapiens
josh rouse - 1972
kafka - fantôme
kid koala - some of my best friends are djs
killing joke - killing joke
loosers - 6 songs ep
m83 - dead cities...
madlib - shades of blue
martina topley bird - quixotic
massive attack - 100th window
maximilian hecker - rose
mesa - mesa
mogwai - happy songs for happy people
mola dudle - o futuro só se diz...
mourah - from one human being to another
muse - absolution
nathan michel - dear bicycle
neko case - black listed
new pornographers - electric version
nitin sawhney - human
oi va voi - laughter through tears
old jerusalem - april
party of one - caught the blast
peaches - fatherfucker
postal service - give up
pram - dark island
radiohead - hail to the thief
robert wyatt - cuckooland
robots in disguise - robots in disguises
rosie thomas - only with laughter through tears
rufus wainwright - want one
sea and cake - one bedroom
sétima legião - a história ...
sigur ros - hlemmur ost
smog - super
space boys - sonic fiction
sparks - lil' beethoven
spiritualized - amazing grace
stephen malkmus & the jicks - pig lib
strokes - room on fire
the band of blacky ranchette - still lookin' good to me
the french - local information
the streets - original pirate material
the twilight singers - blackberry belle
tindersticks - waiting for the moon
twokindermen - misstakesonlove
ursa minor - silent moving picture
ursula rucker - silver or lead
ute lemper - but one day
vive la fête - nuit blanche
white stripes - elephant
wide open cage - woebegone lullabies
x-wife - feeding the machine
yeah yeah yeahs - fever to tell

Obviamente, faltam muitos outros.


NOTA: Originalmente, este post foi publicado no Intervenções Sonoras.