:... silhuetas ...:

domingo, fevereiro 24, 2008
 


Polo Montañez nasceu em Pinar del Rio, Cuba, a 5 de Junho de 1955. De origem muito humilde, conheceu os árduos e duros trabalhos da agricultura como único meio de subsistência de uma família inteira. Começa a cantar de porta em porta e, mais tarde, em bares e hotéis dedicados ao famoso turismo cubano.
Em 1999, assina um contrato com a editora Lusáfrica e, a partir daí, tudo muda. Edita "Guajiro Natural" em 2000, um álbum soberbo e em 2002, "Guitarra Mia". Nesse ano, numa entrevista que fiz com ele, Polo confessava-me estar radiante e ainda não estar completamente convencido daquilo que lhe estava a acontecer. Polo Montañez continuava aquele homem humilde da quinta que o viu nascer mas, ao mesmo tempo, começava a receber solicitações vindas um pouco de todo o mundo, sobretudo da velha Europa.
E foi no meio deste encanto em que vivia que, a 26 de Novembro de 2002, morreu num acidente de automóvel. Um acidente que não o deixou "gozar" aquilo que se prestava para alcançar.
"Un montón de estrellas", "Si se enamora de mi" ou "Si fuera mia" são 3 canções de "Guajiro Natural" que expressam bem o trabalho de Polo Montañez.